OVNI? Estrela cadente? NÃO! É Iridium Flare!

doacao-orgao
A ligação que fez toda diferença para salvar uma Vida!
04/11/2015

OVNI? Estrela cadente? NÃO! É Iridium Flare!

Iridium Flare

A fotografia  acima é a de um Iridium Flare registrado em São Luís (MA) em 25 de novembro de 2015. Mas afinal, o que são Iridium Flares?

Iridium é uma multinacional americana de internet e telefone via satélite que lançou no fim da Década de 1990 cerca de 90 satélites com painéis que refletem a luz solar para criar um ‘pulso luminoso’, que pode se observado em vários lugares do mundo, geralmente após o pôr do sol ou próximo ao amanhecer.

arte iridium Flare

Arte: WOtP / Wikipédia / Creative Commons

A duração do fenômeno, que pode ser observado a olho nu, pode variar entre cinco a 20 segundos e magnitude que vai de 6 (limite da luz visível a olho nu) a -8 (equivalente a 20 vezes o brilho máximo de Vênus e maior que o brilho da Estação Espacial Internacional, ISS na sigla em inglês). Ao refletir a luz do Sol, ele parece incendiar-se no céu, como um meteorito (‘estrela cadente’). Daí o nome Iridium “Flare” (em tradução livre: labareda, chamejar).

Para observá-los, basta saber os horários em que eles vão acontecer. E para isso, dois aplicativos são fundamentais para calcular a localização, horários e magnitude dos Iridium Flares: Heavens-Above (Android) e Sputnik! (iOS).

Como fotografar?

Para fotografar os Iridium Flares, basta usar a função manual (indicada pelo símbolo ‘M’) da sua máquina fotográfica. Mesmo as semi profissionais possuem a função que permite manter o obturador aberto por cerca de 10 segundos, fazendo o rastro da passagem do satélite.

 

Para mais informações sobre locação de telefone e internet via satélite, acesse: www.alugasat.com.br

 

Fontes:

http://www.mauricioaraya.com.br